SIGA-NOS

Vídeo: Danilo Fernandes manda recado para o torcedor do Inter

  • JulioK

    O INTER “recomeça” pelo Danilo F.

    Infelizmente ainda não deram um “pé na bunda” do Alex “Mercenário” que jogou a toalha antes do final. Homenzinho.

  • PEDRO

    Estamos no caminho certo, primeiro vamos deixar o Zago avaliar o elenco com calma para depois começar as dispensas. Não vamos esquecer do caso do Lucas Lima que foi mal avaliado e dispensado. O Otávio foi embora a preço de banana e recentemente estavam falando em 100 milhões no seu passe na Europa. Agora não adianta se afobar, cada dispensa e cada contratação deve ser feita com muita calma. Muitas vezes se dispensa um jogador de graça e depois fica correndo atrás de outro e não encontra, ainda mais que o clube está com sérios problemas financeiros. A diretoria terá que ter muita criatividade, informação e competência. Temos muito bons jogadores, no ano passado faltou uma sistemática de jogo, assisti todos os jogos do Inter e era visível que não conseguíamos ter a tão falada “compactação”. A compactação só aparecia quando estávamos defendendo e assim mesmo não era perfeita. Quando estávamos atacando era um desastre porque sempre atacávamos com 3 ou quatro jogadores contra 7 ou 8 do adversário, os nossos volantes mal ultrapassavam o meio do campo e os dois zagueiros não chegavam a ultrapassar esta linha divisória, isto só ocorria em bolas paradas. Este foi o grande problema do Inter, eu quase não lembro dos nossos volantes aparecendo de surpresa na área do adversário, para confundir a marcação, o Inter era muito previsível e fácil de marcar. Com os mesmos jogadores e com um treinamento específico para resolver estes problemas tenho certeza que teremos um time muito competitivo. O D’alessandro é a peça fundamental para motivar esta gurizada e tornar esta equipe mais solidária tanto para defender e principalmente para atacar. Os técnicos em geral batem muito na tecla que todos devem ajudar a defender, mas também acho que todos devem participar das jogadas ofensivas. Quando observamos os times europeus é normal ver os zagueiros muito além da linha do meio campo e os volantes na linha intermediária do adversário. Temos que treinar muito a troca de passes, passando a bola de primeira e todos os jogadores fugindo da marcação e se movimentando constantemente para dar opção para quem está com a bola. Em 2016 o Inter foi um time preguiçoso, era fácil ver muitos jogadores atrás da linha da bola e “caminhando em campo”, não vamos nem citar nomes. Vamos passar uma borracha em tudo que aconteceu, apoiar cada vez mais o Inter, dar confiança ao treinador e a todos os jogadores.

Todo conteúdo postado nas editorias é independente e de responsabilidade dos seus criadores. Não expressando, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site .

Copyright © 2016 Inferno Meu Destino