SIGA-NOS

O dia que o Inter goleou o Goiás de Fernandão com gol de Guiñazu

O volante Pablo Guiñazu, indiscutivelmente, é um dos grandes ídolos da história do Internacional. Além de ter vencidos vários títulos, como a Copa Libertadores e Copa Sulamericana, o jogador era reconhecido por sua, inigualável, raça e empenho. Contudo, Guina tinha uma peculiaridade, ele simplesmente não conseguia chutar a gol. Quantas vezes, nós colorados, presenciamos partidas em que o volante tinha uma boa posição para o arremate, mas optava pelo passe. Por causa disso, mesmo com 282 jogos, Guiñazu possui apenas 4 gols, no Inter. Um desses momentos raros que o argentino foi às redes ocorreu contra o Goiás, em uma partida que terminou 4 a 0, para o colorado.

O confronto entre Internacional e Goiás era válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2009, ano do centenário colorado. As duas equipes vinham em um bom momento na competição, estando ambas no G4. Portanto, o jogo era fundamental para os rumos do campeonato. Além do gol de Guiñazu, a partida também teve outra peculiaridade, o eterno ídolo Fernandão, desta vez, estava do lado oposto.

Aliás, talvez pelo fato de estar enfrentando a equipe que lhe consagrou, Fernandão estava muito nervoso no início da partida e, por incrível que pareça, conseguiu ser expulso com apenas 13 minutos de jogo, após atingir Magrão com o braço. Mais cedo do que a expulsão de F9, foi o gol do Internacional, aos 5 minutos, abrindo o placar com Marquinhos, após dar um drible humilhante em Ernando (sim, esse mesmo).

A partir daí, o Internacional impôs um imenso domínio e até Guiñazu aproveitou a superioridade colorada para marcar o seu gol com, surpreendente, categoria. O raro gol de Guina ocorreu com assistência de Marquinhos, em grande atuação, tocando para o volante, livre, na entrada da área, batendo com precisão no canto esquerdo de Harlei e abrindo 2 a 0. No segundo tempo, o Inter fez mais dois gols, com Giuliano, também em ótimo dia, e fechando o placar com um golaço de Kleber, encobrindo o goleiro.

A atuação do Inter, naquele dia, foi impecável e a partida ficou marcada por um raro gol de Guiñazu. No fim daquela temporada, o Internacional terminou o Brasileirão na segunda colocação, garantindo vaga na Copa Libertadores do ano seguinte, que seria vencida pelos colorados.

Todo conteúdo postado nas editorias é independente e de responsabilidade dos seus criadores. Não expressando, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site .

Copyright © 2016 Inferno Meu Destino