SIGA-NOS

O dia que Nilmar marcou seis gols seguidos pela seleção

Quando Nilmar surgiu no Internacional, em 2003, despontou ali um jogador que faria história no clube e no futebol brasileiro, tornando -se ídolo da torcida colorada e destacando-se no futebol europeu. As conquistas do atacante resultaram em justas convocações para a Seleção Brasileira, principalmente no ciclo da Copa de 2010, competição que ele esteve presente entre os selecionados. Com as oportunidades que recebeu no time brasileiro, Nilmar também fez história, atingindo a incrível marca de seis gols em cinco jogos vestindo a camisa canarinho.

Após ter vencido a Copa das Confederações, o Brasil adquiriu bastante confiança sob o comando de Dunga, diminuindo consideravelmente as críticas que o time vinha recebendo da imprensa e resgatando o torcedor. Além disso, a seleção brasileira conquistou a vaga para a Copa do Mundo de 2010  com três rodadas de antecedência. Portanto, com tranquilidade para trabalhar e a vaga para a Copa do Mundo garantida, Dunga pôde realizar diversos testes entre os titulares, resultando em oportunidades para Nilmar atuar no ataque.

Atuando na equipe titular, Nilmar não decepcionou, convertendo impressionantes 6 gols em 5 partidas seguidas, feito que garantiu sua vaga na Copa do ano seguinte. O primeiro confronto da sequência foi contra o Chile, em Salvador, e o atacante mostrou seu faro de atacante marcando logo um hat-trick, ajudando a garantir os 4 a 2 para o Brasil. No jogo seguinte, a seleção saiu derrotada na forte altitude boliviana, mas Nilmar deixou o dele mais uma vez. Depois de um empate com a Venezuela, por 0 a 0, pela última rodada das eliminatórias, o time canarinho disputou mais dois amistosos e o atacante marcou em ambos, assinalando o gol da vitória contra a Inglaterra e convertendo no triunfo contra Omã.

Após a Copa de 2010 e passagens pela Espanha e Emirados Árabes, Nilmar voltou ao Internacional mais uma vez. Na terceira passagem pelo colorado, o atacante marcou 10 vezes e ajudou a equipe a chegar nas semifinais da Libertadores de 2014. Diante de tantos gols, não há dúvidas que Nilmar já possui seu nome na história como um dos grandes atacantes e artilheiros da história do Inter.

 

Todo conteúdo postado nas editorias é independente e de responsabilidade dos seus criadores. Não expressando, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site .

Copyright © 2016 Inferno Meu Destino