SIGA-NOS

Mundo Colorado: “Rafael Forster conta do início de carreira no Inter e o duelo com Zlatan Ibrahimovic”

Mais uma vez a Inferno é Meu Destino traz uma entrevista exclusiva no blog Mundo Colorado, desta vez, o cara é Rafael Forster. Cria da base que foi embora sem ser aproveitado e hoje brilha no futebol ucraniano.

Em um bate-papo com a equipe da Inferno é Meu Destino, Forster, hoje zagueiro do Zorya da Ucrânia, abriu o jogo falou o por que não deu certo no Inter, o carinho com o clube, o grande momento na Ucrânia, os gols marcados na carreira e pelo duelo particular com um “deus”, mais conhecido como Zlatan Ibrahimovic – figura mundialmente conhecida como um dos maiores jogadores da história da Suécia .

Inferno Meu Destino: Como você chegou ao Inter?

Rafael Forster: Eu cheguei em 2002, fui para fazer teste e na mesma semana o Inter quis ficar comigo, final de semana já tinha jogo e joguei (risos).

Inferno  Meu Destino: Você não chegou a ser muito aproveitado no grupo principal do Inter, no que tu acha que pecou?

Rafael Forster: Eu passei por um momento difícil. Não jogava no time B do Inter, nem era convocado às vezes, conheci pessoas que gostavam de sair pra festas, beber e acho que foi esse meu erro. Aproveitei minha vida, mas acabei esquecendo do futebol.

Inferno é Meu Destino: E qual é o sentimento que fica em relação ao Internacional?

Rafael Forster: É um clube que tenho carinho e respeito muito grande por tudo que me proporcionou para ser um bom jogar. Meu deu toda a estrutura possível para ser o melhor. Fico triste de não ter tido oportunidade, mas hoje entendo que são coisas do futebol.

Inferno Meu Destino: Como você viu o momento do ano passado do Inter, tu chegou a jogar divisões inferiores ,como acha que vai ser a passagem do Inter pela Série B?

Rafael Forster : Acredito que as muitas trocas de treinadores fizeram com que o Inter tivesse essa primeira queda de divisão nacional, mas acredito que, com os jogadores que tem, com o líder D’Alessandro de volta, tem tudo para subir a elite do futebol brasileiro. O Inter é muito grande.

Inferno é Meu Destino: Você nunca havia jogado fora do país, como recebeu a proposta do Zorya e por que a escolha?

Rafael Forster: Através do meu empresário, Cassiano. No início fiquei com dúvidas, por que sabia que o país estava enfrentando um crise e tinha guerra, mas aos poucos a desconfiança passou e aceitei. Foi um primeiro passo, jogar fora do Brasil, depois uma Liga Europa. Muitos jogadores sonham em jogar e eu tiver essa oportunidade, ainda mais contra grandes clubes e grandes jogadores.

Inferno Meu Destino: Falando em Liga Europa, você jogou contra diversos grandes jogadores, entre eles o Zlatan Ibrahimovic, um deus segundo ele mesmo(risos), como foi a experiência?

Rafael Forster: Ele é um dos melhores atacantes do mundo. Muito difícil de marcar ele, mas consegui fazer um bom trabalho. Me acrescenta muito como profissional, você jogar bem contra um dos melhores não é fácil.

Inferno Meu Destino: Você acredita que esse é o melhor momento da sua carreira?

Rafael Forster: Acredito que sim! Estou jogando na função que mais gosto e estou sendo reconhecido por isso.

Inferno Meu Destino: E os gols, estão saindo a rodo para um defensor, principalmente de bola parada, sempre teve um chute conhecido, continua treinando bolas paradas?

Rafael Forster: Tive a chance de cobrar pênalti aqui no Zorya, depois que alguns atletas perderam pênaltis. Fiz o gol e o treinador confiou a mim as cobranças. Fico feliz de ajudar, da maneira que for.

Inferno Meu Destino: Você foi por várias vezes destaque aí, melhor jogador da rodada, até eleito melhor jogador do clube, o que isso representa pra ti?

Rafael Forster: Eu fico muito feliz pelo reconhecimento. Procuro sempre fazer o melhor para ajudar o clube que defendo. Conquistei a confiança dos jogadores, comissão técnica e torcedores. Isso me dá mais convicção de que posso evoluir e ajudar o clube.

Inferno Meu Destino: A gente viu nos últimos anos muitos exemplos de jogadores irem para Ucrânia e depois alcançar grandes clubes. Tu almeja isso? Ou se sente bem estabelecido onde esta?

Rafael Forster: Estou feliz aqui, mas logicamente penso em sair, ir para clube maior, participar de uma Champions League, é um sonho que tenho.

Inferno Meu Destino: E o Inter, mais pra frente, voltaria?

Rafael Forster: Voltaria! Tenho carinho e respeito pelo clube e não tenho nenhum sentimento ruim por não ter tido oportunidade, são coisas do futebol.

Todo conteúdo postado nas editorias é independente e de responsabilidade dos seus criadores. Não expressando, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site .

Copyright © 2016 Inferno Meu Destino