SIGA-NOS

Lucas Collar: O Inter tem quatro finais de Copa do Mundo nos próximos cinco jogos

vinheta-lucas

Não é novidade para ninguém que a situação do Inter dentro do Campeonato Brasileiro é delicadíssima. O time comandado por Celso Roth, mesmo que tenha conseguido uma vitória importante contra o Santos na semana passada, vive flertando com a zona de rebaixamento ao final de cada rodada. Apesar da derrota para o Atlético/PR, na Arena da Baixada, o Inter seguiu fora da zona, mas terá nas próximas cinco rodadas, pelo menos, quatro finais de Copa do Mundo, para sair de vez dessa briga ou afundar ainda mais dentro do fantasma do rebaixamento. O lado positivo para o torcedor colorado é que ele estará presente, em pelo menos, três dessas “finais” ao lado do Inter.

Leia mais

Treinamento colorado tem alteração na escalação
Inter terá sequência desgastante de jogos
Seijas e Aylon tem melhor média de gols do time do Inter

A primeira final para o Inter acontece já nesta quinta-feira, no Beira-Rio, contra o Vitória. O jogo se torna ainda mais importante, pois o Figueirense, adversário direto, receberá o lanterna América/MG nesta quarta-feira, em Santa Catarina e o Inter deve entrar em campo, na quinta-feira, já na zona de rebaixamento novamente. O rival baiano é outro adversário direto nessa briga. Uma vitória seria fundamental e qualquer resultado negativo, até mesmo um empate, seria trágico para as pretensões do Inter na briga contra a degola. Soma-se a isso, o ingrediente extra que o jogo ganhou, com a contração de Argel Fucks por parte do Vitória, fazendo a estréia contra o ex-clube, com o elenco que dirigiu e ajudou a montar.

A outra final acontece longe do Beira-Rio. Para ser preciso, ocorrerá em Belo Horizonte, capital mineira. O Inter vai visitar o América/MG e mesmo que jogue fora de Porto Alegre, a obrigação é toda colorada, já que o adversário está quase rebaixado, é o lanterna e não vence a um bom tempo na competição. Esse resultado, combinado com três pontos contra o Vitória, deixaria o Inter bem mais tranquilo na tabela, para encarar o Fortaleza, pela Copa do Brasil, fora de casa (possivelmente com reservas) e o Atlético/MG, em um jogo muito complicado, onde uma derrota parece muito provável. Porém, após a partida contra o Galo, o Inter terá nova oportunidade de ter duas finais de Copa do Mundo no Beira-Rio.

Figueirense e Coritiba, respectivamente, serão os adversários desta sequência no Gigante. O Inter, mais do que nunca, precisará do seu torcedor para espantar a zona de rebaixamento do seu horizonte. O Inter tem totais condições de vencer essas quatro finais na luta contra a parte de baixo da tabela, ainda mais em casa, ao lado da torcida contra adversários diretos na tabela de classificação. É uma chance de ouro para o time do técnico Celso Roth embalar de vez no Campeonato Brasileiro e se tranquilizar. Mas também é a chance de desandar toda maionese e proporcionar momentos ainda mais tensos aos colorados até a última rodada, em Dezembro, contra o Fluminense.

Todo conteúdo postado nas editorias é independente e de responsabilidade dos seus criadores. Não expressando, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site .

Copyright © 2016 Inferno Meu Destino