SIGA-NOS

Fernando Campos: A reveladora entrevista de Argel Fucks

Quando os insucessos aparecem, é normal procurar um culpado. No caso do Internacional, com o rebaixamento, muito se discutiu sobre o verdadeiro responsável pelo descenso colorado. Entre tantos debates, sempre tive dúvidas de quem seria o pivô do rebaixamento, visto que achava difícil apontar um único responsável. Porém, ouvindo a entrevista concedida por Argel, após a vitória do Inter sobre o Goiás, por 3 a 0, essa dúvida foi sanada. O grande responsável pelo rebaixamento no ano passado foi: Argel Fucks.

Obviamente, Argel não foi o único responsável, é importante deixar isso claro. Houve uma direção incompetente, capitaneada por Vitorio Piffero, que deu a ele todo o respaldo para iniciar a temporada de 2016. Além disso, com o decorrer do ano, Celso Roth, outro profissional questionável, também comandou a equipe. No entanto, foi Argel que montou o elenco e teve toda uma pré-temporada para implantar sua filosofia de futebol (se é que ele possui uma), ou seja, ele construiu a base para o ano e, evidentemente, essa base era extremamente frágil. Além disso, Argel, teimosamente, dispensou bons jogadores, como Réver, para dar a braçadeira de capitão para atletas claramente limitados, como Paulão, evidenciando sua visão sobre futebol .

No Inter, Argel teve todas as condições para realizar um bom trabalho: estrutura decente, tempo de trabalho e jogadores de sua preferência. Portanto, se ele realmente fosse um bom treinador, como gosta de explanar por aí, o Internacional não teria tido um desempenho tão fraco, sob seu comando. Aliás, a atuação do Goiás comandado por ele, ontem, só mostra sua limitação, uma vez que o time goiano nada fez, além de tentar atacar em escapadas pelas laterais, sem eficiência alguma. Para piorar, durante a entrevista, Argel comentou que o Inter joga como sua equipe, no 4-2-3-1, evidenciando como o treinador não faz ideia do que aconteceu em campo, visto que o esquema do Inter variava do 4-1-4-1 para o 4-3-3.

Contudo, o grande defeito de Argel Fucks, é a sua estúpida arrogância. Uma coisa é confiar em seu trabalho, outra é colocar uma venda nos olhos, chamada orgulho, e não enxergar falhas pessoais. Ontem, diante de um massacre sofrido por sua equipe, que teve o goleiro como melhor jogador, Argel culpou a arbitragem e, até mesmo, atacou profissionais de imprensa. Dentro de um clube que pagou pelo orgulho de seus dirigentes, Argel Fucks foi a cereja do bolo para afogar o Inter em um mar de arrogância e incompetência.

Essa atitude do treinador só mostra como, além de ser péssimo em sua função, ele não possui a humildade necessária para se reinventar, uma vez que um profissional não pode corrigir seus erros, se achar que eles não existem. Resumindo, na cabeça de Argel Fucks, ele é sempre uma vítima de acasos, seja a arbitragem ou puro azar, enquanto as verdadeiras vítimas são as equipes comandadas por um treinador tão limitado e arrogante.

  • Joao Vitor Rupp

    “Contudo, o grande defeito de Argel Fucks, é a sua estúpida arrogância”. Verbo de ligação separado do sujeito… pô, camarada!

    • Edson Fiorello Damin

      concurseiro é soda!! Sempre querendo mostrar que sabe!Guarda pra ti!!

  • Taffarel Lopes Rodrigues

    O que tu escreveu só mostra que tu não entende de futebol profissional, péssima análise!

Todo conteúdo postado nas editorias é independente e de responsabilidade dos seus criadores. Não expressando, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site .

Copyright © 2016 Inferno Meu Destino